4 julho 2018 | Cômodas

Cômoda

As cômodas, que serão utilizadas para trocar o bebê, deverão ter no mínimo 80 cm de frente e 50 cm de profundidade que é próximo à medida padrão dos trocadores.
Em peças menores que 1.10m vale pensar no local onde será apoiado o kit higiene no momento da troca. Alguns modelos têm extensores laterais e resolvem essa questão. Em peças maiores que 1,10m ele pode ficar ao lado do trocador, pelo menos até que o bebê não aprenda a mexer em tudo!
A altura é muito importante. O padrão é 95 cm, mas se a mamãe for bem baixinha e for comprar a cômoda numa loja que desenvolve as peças cliente a cliente vale encomendar com 90 cm de altura. A idéia é não ficar com a coluna curvada na hora ou com os braços muito altos.
As cômodas são realmente para guardar as roupinhas do bebê e vale priorizar os itens que são necessários no momento da troca como os cueiros, os bodies (ou pagãozinho) e as fraldas.
Para quartos onde não cabe uma cômoda é possível pensar em adaptação dentro do armário se for planejado. Ou uma bandeja e vai sobreposta no próprio berço, no sentido da largura. Resolve o problema, mas apenas nos primeiros meses, logo o bebê fica maior e os pais não se sentirão seguros em utilizar essa peça.

Curte minha página no Instagram @arquiteta_ligiabisconti

Leave a Reply

VOLTAR