15 junho 2018 | Como escolher a poltrona de amamentar

Pequeno Jedi
Móvel polêmico pois, tem mãe que ama, tem mãe que me diz que nunca usou. A verdade é que nenhuma mãe vai aguentar amamentar somente no quarto do bebê. Pensado que nas primeiras boas semanas estamos falando de 12 mamadas diárias, pode-se considerar que essa mãe ficaria confinada no quarto do bebê se dependesse da poltrona! Mas, ao mesmo tempo, não ter um lugar sossegado e acima de tudo confortável para amamentar é bem complicado. Não são bonitas, mas o fato de ter o encosto alto, braços e até o giro e balanço criam um cantinho perfeito para a amamentação. Tanto que algumas técnicas usadas para melhora das mamadas utiliza os braços e tira partido da postura que a mãe fica para posicionar o bebê. Então vamos lá: escolha uma peça que tenha o espaldar alto a ponto de acomodar bem a região da escapula e se puder encostar a cabeça melhor ainda. Braços, como falamos acima são bem importantes. O giro e o balanço são opcionais. O pufe, que geralmente acompanha, são legais para esticar as pernas. Tecido: o melhor é o couro sintético por conta da higienização, mas não é nada confortável! Opções como o suede e a sarja impermeabilizados são boas alternativas. Não esqueça de ter uma mesinha de apoio ao lado. Pode ser bem pequena só para acomodar um copo d’água e o celular.

Leave a Reply

VOLTAR